Acidentes acontecem, e se seu dente quebrou ou caiu com uma pancada?

Pode doer muito, pode sangrar e o estrago pode ir além da estética. Mesmo que seja difícil, é hora de manter a calma e o foco.

A primeira atitude quando o dente quebra, é tentar recuperar os fragmentos. “O ideal seria recolher todos os fragmentos e armazenar em ambiente úmido – um pote com água, soro fisiológico ou leite.

Se houver sangramento, de início é bom fazer uma lavagem na boca e usar uma gaze, ou um pano limpo e úmido para fazer pressão onde está a ferida. Se o acidente foi fora de casa, é importante adotar cuidados extras: “Se a pessoa cair no asfalto, por exemplo, tem que ver se ela está com a vacinação antitetânica em dia.

O passo seguinte é procurar o dentista em até 48h para que ele possa avaliar a extensão da fratura e iniciar os procedimentos de restauro e tratamento. Porém, se a fratura expôs o nervo, a procura de atendimento deve ser imediata.

Fragmentos

No caso da colagem do fragmento, o dentista poderá optar por materiais como resinas e coroas, que são bem resistentes e devolvem à pessoa as funções normais e produzem um bom resultado estético.

“Independente do tipo da fratura, deverá haver acompanhamento do dentista no período posterior – a duração dessa etapa varia de pessoa para pessoa e irá depender da extensão da fratura.

O dente caiu

Caso aconteça de o dente sair inteiro, é preciso procurá-lo e executar a reinserção. “A pessoa deve pegar pela coroa com uma gaze, fazer a lavagem com água ou soro fisiológico, sem esfregar o dente, e fazer a reinserção, promovendo uma pequena pressão. O dentista irá fazer uma radiografia e poderá adotar alguma técnica de contenção para fixar melhor o dente na boca. Em caso de queda de dente de leite, não se deve tentar a reinserção.

Rolar para cima